www.noticiasdecoura.com
noticiasdecoura@gmail.com
Tel.Fax 251 782 643

Edição on-line

 
   
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
   
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
   
 


::. Contactos

Notícias de Coura

Centro Coordenador de Transportes, Sala 12
Rua 25 de Abril
4940 - 526 Paredes de Coura

Telefone: +351 251 782 643
Fax: +351 251 782 643
Email: noticiasdecoura@gmail.com

 

Jornal Notícias de Coura
 
 
Redacção
  Telefone:+351 251 782 643
Fax: +351 251 782 643
Email: noticiasdecoura@gmail.com
 
Publicidade
  Telefone:+351 251 782 643
Fax: +351 251 782 643
Email: noticiasdecoura@gmail.com
 
Assinaturas
  Telefone:+351 251 782 643
Fax: +351 251 782 643
Email: noticiasdecoura@gmail.com

 

 
 
 

:: Opinião
quotidianos
No grande livro das monografias, No Alto Minho – Paredes de Coura, Narciso Alves da Cunha refere por várias vezes o Foral da Terra de Coyra, que conheceu através de Cunha Brandão. No livro original de 1910, diz “que foi D. Manuel o primeiro monarca que deu “foral” a Coura, em 2 de junho de 1512 (p. 25); “este foral foi dado em 2 de junho de 1515” (p. 131).
LER MAIS
:: Opinião
CPLP – a Cimeira da nossa vergonha
Quando foi criada a CPLP (Comunidade dos Países de Língua Portuguesa) pensei que o espírito que animava a sua criação era de recriar as relações entre Portugal e os quatro países africanos saídos da sua dominação, na base de um relacionamento de igual para igual, e reforçar as que tínhamos com o Brasil, com vista a uma maior cooperação em todos os domínios, e, muito particularmente, dadas as nossas afinidades linguísticas e culturais, no domínio dos bens culturais. Conquanto já estivéssemos integrados na na União Europeia, mantinha a convicção de que o futuro do nosso país muito dependeria também dessa cooperação e parecia-me acertado tirar partido de ambas as situações, limitados que ficámos à pequenez do nosso espaço territorial e à exiguidade dos nossos recursos naturais.
LER MAIS
:: Opinião
Terra Sentida
O tempo é escasso no nosso dia-a-dia. A rotina consome-nos a energia que poderíamos aplicar em novas experiências. A experiência de fazer uma caminhada num novo percurso, a experiência de saltar de pára-quedas ou simplesmente a experiência de não fazer nada. É como se entrássemos num carrossel gigante e sem nos apercebermos estamos apenas a desfrutar de uma das muitas animações de uma feira-popular.
LER MAIS
:: Opinião
Quem não deve não teme
E de repente… surge-me uma dívida municipal de 825,33 euros! Não se trata de uma dívida efectiva. Estende-se a todos os courenses. Um valor per capita calculado a partir do endividamento da autarquia onde vivemos, ou seja, Paredes de Coura, até ao final do ano de 2013. Será este um valor adequado face ao investimento efectuado? Será este um preço justo face ao que foi construído para que o bem-estar dos cidadãos courenses fosse satisfeito? São questões simples e de rápida resposta seja qual for a posição que se defenda! Cada um terá o seu argumento, quer seja positivo quer seja negativo.
LER MAIS